Quem é que ainda atura aquele vendedor que fica no pé tentando ‘empurrar’ uma venda a qualquer custo? Mais ninguém, não é mesmo? A verdade é que esse perfil não passa credibilidade e não é mais eficiente – se é que um dia realmente foi.  Sempre que entramos numa loja ou prestadora de serviço, queremos resolver algum problema: comprar um sapato para uma festa, contratar um arquiteto para planejar nossa casa e por aí vai. Então, não dá mais para encarar aquele vendedor chato que fica empurrando produtos ou serviços que não precisamos. O vendedor de agora é um consultor e conselheiro. Ele nos conquista para que a gente deseje comprar e enxerguemos a necessidade de investir num produto ou serviço. A experiência do cliente ganha destaque na nova era do ajudar a comprar.  

HP Ollivander - Gump Marketing

   E como fazer isso? Tem uma dica que não canso de repetir quando falo com uma equipe de vendas: trate o cliente como um amigo  que você está aconselhando numa decisão de compra. Por quê? Se você fosse ajudar um amigo na hora de escolher uma geladeira, por exemplo, você iria analisar a necessidade dele, os gostos dele e o quanto ele pode investir. Ou seja, iria ser sincero no intuito de ajudá-lo. Para um amigo, você não iria oferecer algo mais caro, só porque quer vender mais, ou muito menos omitir algo sobre o produto. Certamente, iria oferecer o melhor para ele, o que de fato atenderia as necessidades dele. É assim que devemos agir com nosso cliente. O importante é ajudá-lo numa escolha assertiva e oferecer uma experiência de compra agradável. Isso irá gerar mais confiança e mais indicações para sua empresa.

Ollivander - Gump Marketing

   Então, me vem uma frase em mente: mais vale um pássaro na mão do que dois voando. Sim, essa frase podia ser dita em diversos contextos, mas em Marketing e Sales (vendas), será para mostrar que vale mais um cliente fiel na sua empresa, do que dois soltos e perdidos  por aí sem compromisso com sua marca. O que quero dizer, é que vale muito mais investir num atendimento personalizado e qualificado em um cliente, do que vender para dois pontualmente – empurrando a venda. Quando o cliente compra pela insistência do vendedor, a possibilidade dele se arrepender e ter uma experiência de compra ruim é grande, mas quando ele compra através de uma orientação adequada, ou seja, quando o vendedor faz uma consultoria, o cliente guarda uma lembrança positiva sobre sua marca/empresa.  E mais, se ele tiver uma boa experiência desde o atendimento até o uso do produto, certamente indicará você para outras pessoas. Assim, esse pássaro na mão poderá se tornar um bando de clientes fiéis e, até mesmo, embaixadores da sua marca.  

Olivaras - Gump Marketing

   Muitas vezes é difícil criar essa consonância entre equipe de vendas e o marketing. Mas quando isso acontece, sem dúvidas, os lucros crescem. Trata-se de uma estratégia chamada Smarketing, na qual o foco é o cliente, e o sales (vendas) e o marketing trabalham juntos criando sinergia num mesmo objetivo com o mesmo propósito. Então, quer vender mais? Una o marketing com a equipe de vendas e ajude o seu cliente a fazer a melhor decisão de compra possível! Fica a dica!

Mr Ollivander - Gump Marketing


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Filmes e Séries

Lições de Marketing que podemos aprender com La Casa de Papel [Sem Spoilers]

Não importa se você viu ou não viu, se gosta ou não gosta do seriado La Casa de Papel. Se você trabalha com marketing, esse texto é pra você! Abaixo, seis lições preciosas que a Leia mais…

Marketing

É VERO, que o Facebook está ameaçado?

[Mal bombou, e já tem uma campanha #DeleteVero no ar! Veja edit no final do post!] Você também ouviu pessoas próximas e artistas falando do que parece ser a mais nova rede social? Não? Sim? Leia mais…

Gestão

O cliente tem sempre razão?

Já começo dizendo – com certeza – que não! No entanto, essa premissa serve de ponto de partida para saber como agir com o cliente em qualquer situação. Como? Veja: mesmo quando o cliente não Leia mais…