Como chegar no seu cliente? Como fazer ele se encantar com seus serviços ou produto? Surpreenda-o! Fácil falar,né?! Mas pra chegar o mais próximo possível do seu consumidor é importante entender que, atrás de cada tela de computador, há uma pessoa com gostos, histórias e vontades. Assim, não dá pra empurrar uma coisa igual pra todo mundo e transformar essas pessoas em um grupo definido apenas por idade e condição financeira! Precisamos chegar ao lado do cliente e entender o que ele precisa. Qual a dor dele? Qual o problema dele? E como podemos ajudar a resolvê-lo?

House - Gump Marketing

É aí, que entra o conceito de Persona! É ela que vai te ajudar a formatar isso, já que é humanamente impossível chegar um a um, quando se tem milhares de clientes. A ideia é agrupar pessoas com características semelhantes e oferecer coisas mais próximas do que elas são. Vamos mais a fundo:

Persona é a representação fictícia do seu cliente ideal. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.” (Fonte: Resultados Digitais)

Fragmentado - Gump Marketing

Em resumo, precisamos pegar os dados da base de clientes já existente (se já houver), cruzar com pesquisas, entrevistas e outras fontes e criar as personas para o nosso negócio. Como? Veja:

  1. Primeiro você idealiza a Persona. Une os dados dos clientes que você já tem, junta com seu conhecimento de vida e experiência com as pessoas que conhece…
  2. Com essas informações em mãos, você tem que sair para validá-las. Entreviste, converse, pesquise… Veja todas as formas de concretizar – ou não – suas primeira impressões.
  3. Com essa validação, é hora de agrupar as pessoas e entender a direção que cada grupo está tomando. Começa aí a separação das suas personas.

A partir daí, você deve construir um perfil, como num cadastro mesmo. Esse perfil tem que conter:

Nome – dê um nome! Sim, a Persona deve ter um nome e todo conteúdo que você fizer, deve ser pensando nela!

Trabalho –  se você fala de alguém, esse alguém faz alguma coisa da vida. Qual o trabalho? Qual o cargo nessa empresa? Qual o ramo de atuação dessa empresa?

Dados –  tem filhos? Qual o gênero? Idade? Renda familiar mensal?

Problemas – qual o objetivo dessa persona e quais os problemas que estão no caminho?

Como ajudar – o que a sua empresa tem que pode ajudar essa persona a chegar no seu objetivo? Quais dos seus produtos ou serviços podem ajudá-la?

Objeções – o que pode ser usado pela Persona como objeção à sua solução? Preço? Cor? Tempo? É importante saber isso!

Citações – por fim, selecione frases usadas pelos clientes durante as entrevistas. Colocando elas na comunicação, você fala de forma ainda mais próxima, usando as próprias palavras deles para ajudar eles.

Bom.. a onda é essa! Trate as pessoas como pessoas (Personas) e não como um bolo de estatísticas. Você vai fazer seu cliente se sentir mais prestigiado fazendo com que ele veja um motivo a mais pra comprar seu produto ou contratar o seu serviço. Parece simples, mas tem que trabalhar muito, ok?

Gump Marketing

Categorias: Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Filmes e Séries

Lições de Marketing que podemos aprender com La Casa de Papel [Sem Spoilers]

Não importa se você viu ou não viu, se gosta ou não gosta do seriado La Casa de Papel. Se você trabalha com marketing, esse texto é pra você! Abaixo, seis lições preciosas que a Leia mais…

Marketing

É VERO, que o Facebook está ameaçado?

[Mal bombou, e já tem uma campanha #DeleteVero no ar! Veja edit no final do post!] Você também ouviu pessoas próximas e artistas falando do que parece ser a mais nova rede social? Não? Sim? Leia mais…

Empreendedorismo

Não era amor, era cilada! Evite parcerias que podem ser problemas e não soluções!

Num mundo de grandes empresas e mercados já consolidados, uma boa saída pra começar um negócio e expandir é buscar parcerias. Sempre tem alguma empresa, ou algum empreendedor, que tem algo que você precisa e Leia mais…