Já começo dizendo – com certeza – que não! No entanto, essa premissa serve de ponto de partida para saber como agir com o cliente em qualquer situação. Como? Veja: mesmo quando o cliente não tem razão, você não pode simplesmente dizer isso a ele. Cordialidade e simpatia estão aí pra serem usadas, né? E as pessoas normalmente não gostam de ser contrariadas. Quer um exemplo? O cliente fechou um serviço com você, assinou contrato e depois começa a exigir algo que não estava previsto no documento. O que você faz? Não dá pra simplesmente “jogar na cara” que isto não estava em contrato. O ideal é convidar pra uma reunião e falar pessoalmente (ou até mesmo por telefone) e mostrar tudo que está incluso no serviço, explicando que esse novo pedido gera um investimento extra. Tudo com muita calma e simpatia. Entende?

Outra coisa importante é entender que nem todo cliente vale a pena. Isso mesmo! Conserve seus clientes promotores de sua marca e abandone os que te trazem prejuízo e dor de cabeça. Como as críticas que recebemos das pessoas: fica só com as que são construtivas!  Mas aí você lê e pensa: “Nossa, mas o mar não está pra peixe, não podemos dispensar nenhum cliente”. Sim, podemos! Existem clientes que podem gerar prejuízo para você. E, sim, você pode se deparar com àquelas pessoas que vão fazer você vender seu produto ou serviço pelo menor preço possível e depois ainda vão arranjar motivo para reclamar. Pela lógica do “cliente tem sempre razão”, você teria que bonifica-lo ou se esforçar mais para entregar um extra, sendo que ele vai continuar reclamando e falando mal de você. Sad, but true!

Em resumo: cliente que vale a pena tem sempre razão, mas tem malandro em todo canto e você pode topar com um. Vai mesmo querer esse cliente para você? Eu diria que não! Então, as vezes é melhor negar um serviço ou deixar de vender algo, né? A dica é segurar seu preço e mostrar pra ele porque o seu é melhor do que o do concorrente e não deixar ele menosprezar seu serviço ou produto. Se você tem um propósito e comprometimento com seus clientes e com seu negócio, você terá argumentos de sobra! Mantenha tudo sempre na base da sinceridade, honestidade e educação. Fica a dica! Bjos de Luz! Desejo a vocês só cliente fieis e promissores!

Categorias: Gestão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Empreendedorismo

Não era amor, era cilada! Evite parcerias que podem ser problemas e não soluções!

Num mundo de grandes empresas e mercados já consolidados, uma boa saída pra começar um negócio e expandir é buscar parcerias. Sempre tem alguma empresa, ou algum empreendedor, que tem algo que você precisa e Leia mais…

Empreendedorismo

Equipe é tudo! Então veja como escolher as pessoas certas para o seu negócio

Uma das grandes dificuldades de quem está começando seu negócio, uma startup ou  já possui uma pequena empresa é formar uma equipe de alto desempenho. A começar pela seleção, seja de prestadores de serviço ou Leia mais…

Empreendedorismo

Growth Hacking: de grão em grão, crescendo uma startup ao infinito e além

Provavelmente você já conhece ou ao menos já ouviu falar de “Growth Hacking”. Mas caso ainda não saiba o que é, relaxe! Trouxe aqui uma geral sobre o tema! O termo foi criado atrelado ao Leia mais…